Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

MaryM Blog

"Segue teu destino, rega tuas plantas, ama as tuas rosas. O resto é sombra de árvores alheias... " - Fernando Pessoa

MaryM Blog

"Segue teu destino, rega tuas plantas, ama as tuas rosas. O resto é sombra de árvores alheias... " - Fernando Pessoa

Manual da quarentena da DGS

21.03.20, Mary M

Estar de quarentena ou de isolamento social obriga a cuidados especiais na alimentação, na gestão dos alimentos, no manuseamento e confecção dos mesmo. Já nos últimos post alertei para a alimentação. A Direção Geral de Saúde lançou um manual que todos devemos conhecer e que cumprir. Irei tentar compilar as indicações mas devem conhece-lo, para isso basta clicar no seguinte link

Um objetivo importante da quarentena é o reforço  do sistema imunitário.  É necessário uma alimentação equilibrada com a presença de diferentes nutrientes, desde logo os fornecedores de energia (hidratos de carbono, proteínas e lípidos) e vitaminas e minerais (como as vitaminas A, B6, B9, B12, C e D e o cobre, ferro, selênio, zinco) e água.  As boas práticas de higiene continuam a ser a melhor foram de prevenir a doença. Estas recomendações podem ser particularmente relevantes, pois são muitos os estímulos para um consumo alimentar excessivo. Referimo-nos, por exemplo, ao açambarcamento de alimentos com elevada densidade energética (por exemplo bebidas açucaradas, doces, chocolates…) e ao facto das pessoas estarem confinadas em casa com excesso de tempo livre e redução da atividade física habitual.

Capturar.PNG

  • Coma mais fruta e hortícolas.
  • Beba água ao longo do dia e sem açúcar.
  • Aproveite para recuperar a presença do feijão, do grão e das ervilhas à mesa.
  • Mantenha a rotina das refeições diárias.
  • Evite snacks com excesso de açúcar e sal ao longo do dia.
  • Aproveite esta oportunidade e cozinhe saudável.
  • Faça uma alimentação completa, variada e equilibrada.

Na confeção dos alimentos, regras a seguirem:

  • Lavagem frequente e prolongada das mãos;
  • A desinfeção apropriada das bancadas de trabalho e das mesas;
  • Evitar a contaminação entre alimentos crus e cozinhados;
  • Cozinhar e ”empratar” a comida a temperaturas apropriadas;
  • Lavar adequadamente os alimentos crus;
  • Evitar partilhar comida ou objetos
  • Durante a preparação, confeção e consumo adote as medidas de etiqueta respiratória.

O que deve ser tido em consideração no momento da compra?

  • Que alimentos tenho em casa?
  • Com os alimentos que tenho em casa, que refeições posso preparar?
  • Que alimentos preciso de comprar adicionalmente para as refeições que ainda estão em falta?
    Depois de planear as refeições que pretende, faça a lista de compras. Planear comprar apenas aquilo que é necessário, sem exageros.
  • Verificar e cumprir a lista de compras, sempre que os alimentos que necessita estiverem disponíveis. Comprar apenas o que precisa!
  • Optar por alimentos que tenham um prazo de validade mais longo.
  • Garantir que o seu cesto de compras tem um bom equilíbrio entre alimentos com menor e maior durabilidade. Os alimentos com menor durabilidade podem ser adquiridos, contudo devem estar presentes em menor quantidade e deverão ser os primeiros a consumir.
  • Preferir alimentos de elevado valor nutricional em detrimento de alimentos com elevada densidade energética.
  • Assegurar a compra de produtos frescos, como fruta e hortícolas, preferindo aqueles que apresentam uma maior durabilidade e/ou produtos congelados para o caso dos hortícolas e mediante a capacidade de armazenamento.
  • Quando disponíveis, os serviços de entrega ao domicílio podem ser considerados como uma possibilidade.

Nas idas às compras devem ser asseguradas todas as precauções para minimizar o risco de infeção para o próprio e para os outros, nomeadamente:

  • evitar o manuseamento dos alimentos a não ser para colocar no carrinho de compras;
  • cumprir as distâncias de segurança (manter-se a pelo menos a um metro de distância das pessoas);
  • evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos;
  • higienização adequada das mãos antes e depois da ida às compras;
  • adotar as medidas gerais de etiqueta respiratória (não usar as mãos ao tossir ou espirrar, usar um lenço de papel ou o antebraço).

Fonte: Manual da DGS

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.