Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

MaryM Blog

"Segue teu destino, rega tuas plantas, ama as tuas rosas. O resto é sombra de árvores alheias... " - Fernando Pessoa

MaryM Blog

"Segue teu destino, rega tuas plantas, ama as tuas rosas. O resto é sombra de árvores alheias... " - Fernando Pessoa

Percebes

17.08.22, Mary M

Meia população  portuguesa já deve estar ou vai rumo ao Algarve. Eu já morei um ano em Aljezur, uma vila muito simples, gentes simpáticas,  fiz amigas que considero para a vida, praias de cortar a respiração (Odeceixe, Amoreira, Arrifana, Monte Clérigo,  Bordeira, Amado...) e uma gastronomia digna de 5*. Se tiveram oportunidade, não  deixem de visitar. Vila muito conhecida pela sua batata doce, mas também  por este petisco, os Percebes. É um pouco caro, mas só  de pensar na forma como são apanhados vale cada euro. 

Para matar saudades, encontrei à venda no Norte mas tive de os confecionar. Um produto tão  caro, era um crime estragá-lo na preparação. Ficaram excelentes!

  • 1 kg de percebes
  • 1 l de água
  • 3 dentes de alho
  • 2 folhas de louro
  • 1 c. de café de sal

     

    IMG_20210925_150352.jpg

     

Coloque um litro de água numa panela, sal, louro e os dentes de alho esmagados. Deixe ferver. Quando levantar fervura, coloque os percebes durante dois minutos em lume forte. Se for mais tempo, irão  parecer borracha,  o tempo de cozedura é mesmo o fator mais importante.
Retire a água e para parar a cozedura de imediato coloque pedras de gelo e pode até colocar no frigorífico. Devem ser servidos frescos.

Dica: Quando forem degustar-se com o petisco, para não  ficarem salpicados com a água,  atenção  à  forma como dobram os percebes. Virem as dobras para baixo 

 

2 comentários

Comentar post